Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Plano regional

Superintendente da Sudene visita governador do Ceará

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Criado: Sexta, 03 de Maio de 2019, 16h57

O encontro no Palácio da Abolição foi marcado pela apresentação do PRDNE. 

Foto da mesa de reunião

Foto: Carlos Gibaja | Governo do Ceará


Na tarde de sexta-feira (03), o superintendente da Sudene, Mário Gordilho fez uma explanação sobre os principais pontos do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) para Camilo Santana, chefe do executivo estadual, e sua equipe. A reunião contou com uma apresentação das propostas contidas no documento e com um levantamento dos projetos considerados prioritários pelo Ceará. A ideia é incluir no PRDNE ações previstas nos planos estaduais, uma vez que a Sudene tem se disponibilizado a construir o plano com a participação dos governos nordestinos, de Minas Gerais e do Espírito Santo, onde a Autarquia atua.

Já foram visitados os estados da Bahia (03/04); Sergipe (05/04); Piauí (12/04); Pernambuco (15/04); Alagoas (16/04); Paraíba (22/04), Espírito Santo (24/04); Rio Grande do Norte (30/04); e Maranhão (02/05). Depois do compromisso com Camilo Santana, o superintendente da Sudene deve se encontrar com o governador de Minas Gerais, no dia 8 de maio.

Mário Gordilho explicou que o Plano Regional está dividido em eixos estratégicos: Inovação; Desenvolvimento de Capacidades Humanas; Dinamização e Diversificação Produtiva; Segurança Hídrica e Conservação Ambiental; e Desenvolvimento Social. O PRDNE vai apostar na utilização de municípios-polos das regiões geográficas intermediárias e, para isso, já foram realizadas análises da distribuição dos municípios-polos no território, levando em consideração estrutura, porte e rede de influência destas cidades. Outro ponto importante é priorizar a interiorização do desenvolvimento através do fortalecimento dos sistemas inovativos e produtivos locais. Levando em consideração o cenário atual, o PRDNE vai se basear em dois pilares, considerados como novos paradigmas de desenvolvimento: a sustentabilidade e a revolução científica e tecnológica.

Durante o encontro, Camilo Santana informou que é prioridade para o Ceará ser um Hub de comunicações e inovação, aeroportuário e  portuário.Elencou, ainda, desafios a serem enfrentados pelo governo federal, como a conclusão e definição do modelo de gestão e custeio da água da transposição do rio são Francisco; conclusão da Transnordestina e ligação com a ferrovia norte sul; e duplicação da BR 116 em todo o Nordeste. Por fim falou da importância de orientar os fundos para as prioridades dos Estados.

Além dos governadores, a Sudene vem contando com contribuições de diversos atores envolvidos com o planejamento regional e disponibilizou, no final de abril, uma consulta pública para receber contribuições da sociedade em geral para o PRDNE. Os interessados devem acessar formulário online disponível no site da Sudene (http://www.sudene.gov.br/prdne/consulta-publica). O prazo final para envio das respostas é 8 de maio.

Mais sobre o PRDNE

O PRDNE é um importante instrumento de ação da Autarquia para a realização da missão de promover o desenvolvimento includente e sustentável de sua área de atuação e a integração competitiva da base produtiva regional na economia nacional e internacional.

A Sudene está contando com a colaboração de consultores para a elaboração do Plano Regional, através de profissionais contratados por intermédio de um acordo de cooperação técnica celebrado entre a superintendência e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD - Brasil).

Um dos desafios do PRDNE é convergir linhas de atuação que indiquem caminhos para diminuir as disparidades sociais e econômicas que separam a área de atuação da Sudene das regiões mais desenvolvidas do país.

Após ouvir os estados e outros atores ligados ao tema do desenvolvimento regional, a Sudene vai consolidar o documento, que será apreciado pelos governadores em reunião do Conselho Deliberativo da Sudene (Condel), prevista para o dia 24 de maio. Até o final de agosto, o plano, que terá força de lei e tramitará juntamente com o PPA, será submetido ao Congresso Nacional.

 

Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
Siga nossas redes sociais: @sudenebr

Fim do conteúdo da página