Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Água

Encontro debate sugestões para a crise hídrica do NE

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Criado: Quinta, 06 de Junho de 2019, 17h53

O cientista Norman Queiroga se reuniu hoje (6) com a equipe da Autarquia para tratar do assunto.

Mesa de reunião

Foto: Ascom (Sudene)


Durante encontro, na sede da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, Norman apresentou uma tecnologia que vem desenvolvendo para obtenção de água potável por condensação. Ele mostrou modelos de máquinas condensadoras (que captam a umidade do ar e a transforma em água potável), incluindo bebedouros que podem ser instalados em residências e estabelecimentos em geral. A invenção despertou o interesse da Sudene por ser uma provável alternativa para enfrentar os problemas de déficit hídrico da Região.

Norman conta que já instalou, de forma experimental, estações geradoras de água em localidades como Feira de Santana (BA) e Maceió (AL). Existem projetos também para a instalação de fonte geradora de água para vilarejo e pequenas cidades, com capacidade de produção de 1.000 a 20.000 l/dia, funcionando através de energia solar (painéis fotovoltaicos).

Outra opção apresentada é a utilização em hortas tecnológicas projetadas para uso familiar ou para atender pequenas comunidades. Nesse caso, “além da água necessária para o sistema de hidroponia das estufas é gerado um excedente de água destinado a um reservatório para o consumo humano”, enfatiza Norman. Ele acrescenta que os alimentos produzidos são 100% orgânicos e livres dos danos causados pela seca e pragas. A ideia é que todo projeto da horta também seja alimentado por energia solar.


A reunião contou com a participação do general Pedro Fioravante, responsável pela Operação Carro-Pipa, que falou da importância de integrar esforços e ações para atender à população atingida pela falta de água. Para Fioravante é fundamental buscar soluções definitivas para a questão hídrica do Nordeste.

PRDNE

Os debates sobre o tema devem subsidiar o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), que traz seis eixos estratégicos, sendo um deles o de segurança hídrica e conservação ambiental. Para o superintendente da Sudene, Mário Gordilho, a reunião foi uma oportunidade para a troca de conhecimentos e a busca por soluções para o Nordeste. A tecnologia apresentada será avaliada pelos técnicos e gestores da Sudene. 

 

Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
Siga nossas redes sociais: @sudenebr

Fim do conteúdo da página