Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Crédito para o Nordeste

Sudene divulga relatório de acompanhamento do FNE Emergencial

Escrito por Assessoria de Comunicação (Sudene) | Publicado: Quarta, 29 de Julho de 2020, 10h17

Período analisado corresponde aos meses de abril e maio, quando foram contratados R$ 349 milhões.


20200729 relatorioFNEemergencial materia

Ilustração: Ascom (Sudene)

Foram realizadas 4.597 operações de crédito, dos quais 18,1% foram referentes a operações de beneficiários que contrataram o Fundo pela primeira vez. A Programação do Fundo prevê uma aplicação de R$ 25,3 bilhões em 2020, dos quais R$ 3 bilhões foram projetados para o FNE Emergencial. De acordo com informações da Diretoria de Gestão de Fundos, Incentivos e de Atração de Investimentos (DFIN) da Sudene, “o valor contratado no período analisado corresponde a 11,6% da projeção de financiamento da linha para todo o exercício”.

Com 86,5% do volume total das contratações, o setor de Comércio e Serviços foi o que mais recebeu aplicação nos onze estados da Área de Atuação da Sudene. As contratações nos setores da Indústria, Agroindústria e Turismo foram, respectivamente, de R$ 31,0 milhões, R$ 2,7 milhões e R$ 13,4 milhões. Os estados da Bahia, Pernambuco e Ceará registraram maiores valores de contratações, com participação de, respectivamente, 20,1%, 16,3% e 13,3%. Alagoas, Sergipe e Espírito Santo, com participação, respectivamente, de 4,0%, 3,2% e 2,6%, tiveram menores volumes de contratações.

cta materiafneemergencial

No semiárido, as contratações da Linha Emergencial totalizaram R$ 179,7 milhões, por meio de 2.394 operações de crédito, representando 51,5% das aplicações do programa em toda a área de atuação do Fundo. As contratações nas Regiões Integradas de Desenvolvimento ‐ RIDE somaram 14,9 milhões, por meio de 186 operações de crédito. As contratações em municípios classificados pela Tipologia Sub‐Regional da PNDR como média e baixa renda, de qualquer dinamismo somaram 28,1% do total da Linha Emergencial. A DFIN explica que “a Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) estabelece como áreas prioritárias o Semiárido, as Regiões Integradas de Desenvolvimento – RIDE e as sub‐regiões classificadas como média e baixa renda, de qualquer nível de dinamismo”.

No período analisado, não houve contratações por parte dos beneficiários de grande porte, enquanto os de pequeno porte concentraram 82,7% do volume contratado.

A linha de crédito foi criada em decorrência dos efeitos da pandemia do COVID-19 entre as empresas da área de atuação da Sudene. A Superintendência preside o Comitê Técnico de Acompanhamento do FNE, que tem a finalidade de averiguar as aplicações dos recursos do Fundo de forma integrada, entre os atores governamentais e não-governamentais., além de ser responsável pela Ouvidoria do FNE. Para entrar em contato com a Ouvidoria do FNE, o cidadão pode utilizar o e-mail ouvidoria.fne@sudene.gov.br.

CONFIRA OS RELATÓRIOS POR ESTADO

 


ALAGOAS

AL 


BAHIA

BA 02 


CEARÁ

CE 


ESPÍRITO SANTO

ES 


MARANHÃO

MA 


MINAS GERAIS

MG 


PARAÍBA

PB 


PERNAMBUCO

PE 


PIAUÍ

PI 


RIO GRANDE DO NORTE

RN 


SERGIPE

SE

--
Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
Siga nossas redes sociais: @sudenebr

Fim do conteúdo da página