Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Investimentos > Sudene viabiliza ações de infraestrutura no NE
Início do conteúdo da página
infraestrutura

Sudene viabiliza ações de infraestrutura no NE

Escrito por Assessoria de Comunicação | Publicado: Terça, 16 de Janeiro de 2018, 16h30

Autarquia participa de 38 projetos com R$ 27,5 milhões em recursos. 790 mil pessoas devem ser beneficiadas.

 

Foto de uma equipe de obras asfaltando uma rua. Há uma máquina com um rolo compressor nivelando a estrutura da pista e trabalhadores ao redor da obra.

Parte dos projetos aprovados diz respeito à requalificação de vias em alguns municípios.
(Foto ilustrativa: FreeImages.com)


Para que a população de João Amaro, distrito de Iaçu (interior da Bahia), possa ir ao município vizinho de Boa Vista do Tupim, é necessário percorrer uma via de pouco mais de 40 quilômetros para contornar o rio Paraguaçu, situado entre as localidades. O trajeto leva quase uma hora. A boa notícia para os mais de 45 mil moradores de ambas as cidades é que o tempo de deslocamento será reduzido para poucos minutos. Isso porque recursos na ordem de R$ 1,5 milhão para as obras de requalificação e ampliação da ponte que interliga os dois trechos foram empenhados pela Sudene no final de 2017. A nova estrutura, com 180 m de comprimento, é considerada estratégica para o escoamento da produção agrícola local.

> Confira um comparativo com dados do IBGE (2015) sobre os PIBs dos municípios de Iaçu e Boa Vista do Tupimi

Esta é apenas uma das melhorias possibilitadas pelas 38 obras de infraestrutura e fomento a atividades produtivas que serão viabilizadas pela Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste a partir dos R$ 27,5 milhões em emendas parlamentares direcionadas à autarquia no ano passado. As iniciativas incluem pavimentação de vias, recuperação de estradas e reforma de mercados públicos e centrais de abastamento. A Bahia é o estado com a maior quantidade de municípios atendidos (23), seguida pelo Rio Grande do Norte (11) e Ceará (4). No total, quase 790 mil pessoas devem ser beneficiadas.

Entre as responsabilidades da Superintendência estão realizar o enquadramento dos projetos às ações e programas que regem as atividades da autarquia, analisar os planos de trabalho apresentados, repassar os recursos quando da conformidade com a lei e fiscalizar a execução das obras sempre que houver liberação de verbas.

Para o superintendente Marcelo Neves, os recursos vindos do legislativo federal são resultado do fortalecimento das ações da Sudene como instituição de planejamento. "É um trabalho forte para resgatar não só as emendas parlamentares, mas outros recursos para que a entidade possa ter nos próximos anos um orçamento muito melhor e uma atividade ainda mais pujante”, afirmou.

Em meio aos desafios, pontos positivos

Mesmo em meio a um ano ainda marcado por ajustes financeiros, as emendas parlamentares consolidam um dado positivo para a Sudene em 2017, conforme analisa o diretor de Administração da autarquia, Antonio Magalhães Ribeiro. O gestor destaca que houve, no período citado, crescimento do volume de aportes financeiros para projetos relacionados às ações finalísticas da Sudene. “Considerando as emendas e recursos próprios da Sudene, foram R$ 28,5 milhões empenhados em 2017, 338,5% superior ao exercício anterior, quando somaram-se R$ 6,5 milhões, estes oriundos exclusivamente das emendas”, explica.

Segundo Antonio Ribeiro, a meta para este ano é atingir uma execução de mais de 50% das despesas da Sudene em ações finalísticas, ante o índice de 35% alcançado em 2017, este o melhor resultado dos últimos cinco anos. “Para isso, as unidades administrativas desta Superintendência devem concentrar todos os seus esforços na programação prevista para este exercício, visando, sobretudo, a emissão dos empenhos até o mês de julho”, afirmou.

Ainda sobre o planejamento da Sudene para 2018, o superintendente Marcelo Neves destaca que outra ação de peso para a instituição no exercício atual – além da busca por mais recursos próprios, é o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE). A autarquia tem realizado encontros técnicos e busca de parceiros para acelerar a formulação deste instrumento. 


Assessoria de Comunicação Social e Marketing Institucional
Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste
(81) 2102-2102
ascom@sudene.gov.br
www.sudene.gov.br
Siga nossas Redes Sociais: Facebook | Twitter | Instagram | Youtube | Flickr | Soundcloud

Fim do conteúdo da página