Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > PRDNE > Abordagem territorial
Início do conteúdo da página

Abordagem territorial

A Sudene tem como proposta de abordagem territorial para o PRDNE a utilização das regiões geográficas intermediárias do IBGE como quadro de referência. O instituto identificou 50 regiões intermediárias, das quais 9 regiões são polarizadas por capitais (São Luiz-MA, Teresina-PI, Fortaleza-CE, Natal-RN, Paraíba-PB, Recife-PE, Maceió-AL, Aracaju-SE e Salvador-BA) e 41 regiões são polarizadas por cidades de comando regional situadas no interior.

O objetivo é, portanto, o fortalecimento das cidades nordestinas, sobretudo aquelas situadas na base da rede urbana, e aquelas de articulação intermediária, como tentativa à desconcentração e à interiorização do desenvolvimento regional a partir da consolidação e fortalecimento de uma rede policêntrica.

Ao se reconhecer a diversidade dos sistemas sub-regionais nordestinos, há que se considerar no PRDNE, outras possibilidades de recortes territoriais que deem conta de uma melhor leitura desta diversidade. Apresentamos, a seguir, outros sistemas sub-regionais que devem ser considerados complementares às regiões intermediárias e às cidades de comando regional.

 

Regiões geográficas

Visualize, no mapa abaixo, a distribuição das cidades intermediárias na área de atuação da Sudene.

regioes 02

Fim do conteúdo da página